Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Português
Português

SEF deteta 15 medidas cautelares nas fronteiras terrestres e aéreas

​O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), no âmbito do controlo de cidadãos nas fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha, detetou, nos últimos dias, 14 medidas cautelares nos pontos de passagem autorizados (PPA) de Valença, Quintanilha, Vila Verde da Raia, Vila Verde de Ficalho, Vilar Formoso e Castro Marim. Nas fronteiras aéreas, no Aeroporto de Lisboa, foi também intercetado um cidadão estrangeiro sobre o qual pendia uma medida cautelar (pessoa procurada no âmbito de um processo judicial).

No PPA de Quintanilha foi detetada uma medida cautelar com pedido de paradeiro policial. Foi, também, emitido um alerta sobre uma possível tentativa de entrada em território nacional de quatro cidadãos estrangeiros que já haviam tentado entrar no país anteriormente, sem que reunissem as condições para o efeito.

Em Vila Verde da Raia foram detetadas duas medidas cautelares para apreensão de documentos de identificação e uma relativa a pessoa procurada no âmbito de um processo judicial. Foi ainda intercetado um cidadão sob o qual pendia um mandado de captura para cumprimento de pena em Estabelecimento Prisional por crime de tráfico de estupefacientes. O cidadão foi detido e conduzido ao estabelecimento prisional de Vila Real para cumprimento da pena.

Em Valença foram detetadas três medidas cautelares para apreensão de documentos de identificação e uma outra medida com indicação para controlo específico.

Em Vila Verde de Ficalho foram detetadas duas medidas cautelares para apreensão de documentos de identificação.

Nos PPA em Castro Marim e Vilar Formoso, o SEF detetou três medidas cautelares referentes a pessoas procuradas no âmbito de processo judicial e uma outra medida com indicação de vigilância discreta e de controlo específico e efetivo.

A deteção de medidas cautelares tem sido realizada de forma eficaz uma vez que, no terreno, os Inspetores do SEF estão a utilizar o sistema móvel de controlo de fronteira, o SEF Mobile. Este sistema pioneiro permite que de forma mais rápida e segura, sejam feitas as consultas a diferentes bases de dados. Além disso, no contexto da atual situação pandémica, este equipamento permite um eficiente controlo documental sem que para tal os Inspetores do SEF tenham de manusear o documento de identificação, bastando aproximá-lo do dispositivo móvel para que seja feita uma leitura do mesmo.

Política de privacidade e cookies