Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Português
Português

Destaques

Notícias

  • 18 janeiro 2022 | SEF detém duas mulheres com mandados de captura e detenção

    O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, ontem, em Lisboa, uma cidadã estrangeira, sob a qual pendia um mandado de captura internacional, emitido pelas autoridades de Cabo Verde, para efeitos de extradição.

    A mulher de 35 anos, está indiciada por crimes de sequestro, homicídio qualificado e associação criminosa.

    Será, hoje, presente a juiz para aplicação das medidas de coação.

    Também no Aeroporto de Lisboa, o SEF deteve uma outra cidadã estrangeira sob a qual pendia um mandado de detenção pela prática de crimes de falsificação e abuso de confiança.

    Ler mais

  • 14 janeiro 2022 | SEF detém homem procurado na Alemanha

    ​O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve hoje, em Lisboa, um cidadão estrangeiro, de 34 anos de idade, sob o qual pendia um mandado de detenção europeu emitido pela Alemanha, pela prática de vários crimes de natureza informática, financeira, burlas e falsificação de documentos.

    O detido será presente ao Tribunal da Relação de Lisboa, tendo em vista a sua extradição para a Alemanha.

    Já no norte do país, o SEF deu, ontem, cumprimento de três mandados de busca – um domiciliário, um a um local de culto e um outro a um veículo automóvel – na zona de Vila do Conde.

    No âmbito de uma investigação a crimes de auxílio à imigração ilegal, falsificação de documentos e burla qualificada, o SEF constituiu dois arguidos e apreendeu, ainda, significativa prova documental e em suporte digital.

    Ler mais

  • 6 janeiro 2022 | SEF constitui arguido dono de empresa fictícia de trabalho temporário

    O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deu cumprimento, hoje, em Albufeira, a dois mandados de busca e apreensão, um domiciliário e outro a um estabelecimento comercial, no âmbito de uma investigação iniciada em 2020, pela prática do crime de auxílio à imigração ilegal.

    Nas buscas, foram apreendidos cerca de cinco mil euros em numerário, três telemóveis, três computadores portáteis e variada documentação com vista a corroborar indícios criminais em investigação.

    O principal suspeito, um cidadão indostânico, e a sua empresa de trabalho temporário, foram constituídos arguidos e terão sido responsáveis, a troco de avultadas quantias, pela legalização de mais de 300 cidadãos estrangeiros, a grande maioria nem sequer se encontra em território nacional.

    A investigação do SEF prossegue agora com o foco no vasto património imobiliário adquirido pelo arguido no último ano.

    Ler mais

Contactos

Rede fixa

217 115 000

Para marcações e informações

Rede móvel

965 903 700

Para marcações e informações

Email

gricrp.cc@sef.pt

Para informações

Política de privacidade e cookies