Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Português
Português

SEF detém cidadãos estrangeiros portadores de documentos falsificados

​O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve ontem, em Cascais, no decurso de uma operação de fiscalização na via pública, um cidadão estrangeiro que se identificou com um passaporte falsificado, emitido pela República da Guiné.

O documento apresentava fortes indícios de falsificação por substituição da página biográfica, a qual se veio a apurar, após análise pericial, ser toda ela contrafeita.

O cidadão foi detido e notificado pelo Tribunal, no âmbito do processo de Inquérito que lhe foi atribuído, a fim de ser ouvido e lhe serem determinadas as medidas de coação.

Também esta semana, no Aeroporto do Porto, uma cidadã estrangeira foi detida quando esta tentava embarcar com destino a Luton, Reino Unido, na posse de um bilhete de identidade romeno falsificado.

A cidadã foi detida pela suspeita da prática do crime de uso de documento falsificado e por se encontrar na situação de permanência irregular em Portugal. Foi presente a Tribunal, tendo-lhe sido determinada a instalação na Unidade Habitacional de Santo António (UHSA), a fim de aguardar o seu afastamento para o país de origem.

Política de privacidade e cookies