Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Português
Português

SEF interceta correio de droga e portadores de documentos falsos no Aeroporto de Lisboa

​O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve ontem, no Aeroporto de Lisboa, um cidadão estrangeiro por tráfico de estupefaciente, transportado no próprio organismo.

O cidadão, proveniente de um voo de São Paulo, pretendia viajar para Espanha e foi intercetado, à chegada a território nacional, no primeiro controlo documental realizado pelo SEF, tendo sido encaminhado de imediato para o controlo de segunda linha. Aí o passageiro declarou transportar 100 cápsulas de produto, que identificou como sendo cocaína, no interior do intestino, tendo expelido 48.

O passageiro foi entregue à Polícia Judiciária para os ulteriores trâmites processuais. 

Também, nos últimos dias, foram detetados no controlo de fronteira, no Aeroporto de Lisboa, dois cidadãos estrangeiros portadores de documentos fraudulentos. Um dos cidadãos foi intercetado ao apresentar no controlo documental três documentos contrafeitos – o bilhete de identidade, a carta de condução e o passaporte, alegadamente emitidos pela Áustria. O cidadão pretendia viajar com destino a Dublin. O outro cidadão apresentou-se com um cartão de cidadão nacional contrafeito.

Os documentos fraudulentos foram entregues em juízo, junto com os detidos.