Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Português
Português

SEF desencadeia operações de fiscalização a clubes de futebol amador

​No decorrer desta semana, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) realizou cinco operações de fiscalização a clubes de futebol amador da região norte e sul do país, com o intuito de averiguar eventuais cidadãos estrangeiros a exercer atividade laboral e/ou desportiva sem o necessário título adequado.

De um total de 42 cidadãos estrangeiros identificados, apenas dois se encontravam em situação irregular em território nacional, tendo sido notificados para abandono voluntário.

Os clubes de futebol amador alvo de fiscalização foram o Vila Flor Sport Clube, a Associação Desportiva Cultural Rebordelo, o Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros, o Grupo Desportivo e Cultural de Santa Comba da Vilariça e o Clube de Futebol Sporting de Viana.

No âmbito das suas competências, o SEF controla e fiscaliza a permanência e atividade dos cidadãos estrangeiros, tendo em vista não só razões de segurança, mas também para confirmar as efetivas relações laborais. Assim, são verificadas e fiscalizadas as entidades empregadoras para confirmação dos vínculos laborais apresentados e a efetiva permanência em território nacional dos cidadãos estrangeiros.

As ações do SEF, no campo desportivo, tal como em outras áreas de atuação, visam a deteção de situações de irregularidade documental no nosso país, enquadrando-se num esforço sistemático de controlo da entrada, permanência e saída de cidadãos estrangeiros de território nacional, bem como a prevenção, deteção e combate a fenómenos associados ao auxílio à imigração ilegal.