Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Português
Português

Nota à Comunicação Social - SEF detém cidadão estrangeiro suspeito de crime contra a propriedade e por permanência ilegal

​O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve um cidadão estrangeiro, de 43 anos de idade, por suspeita da prática do crime de furto e por encontrar-se em situação de permanência ilegal em território nacional.

A detenção ocorreu no passado dia 28 na sequência de uma interceção numa unidade hoteleira de lisboa, meia hora depois do mesmo ter furtado uma mochila na estação ferroviária de Santa Apolónia.

Sobre o cidadão em causa constava, na base de dados do SEF, dois pedidos de paradeiro judiciais, um para efeitos de aplicação de termo de identidade e residência e outro para notificação de sentença condenatória em três anos de pena de prisão suspensa, pelo crime de violência doméstica, aos quais foi dado cumprimento.

Após consultas efetuadas à Polícia de Segurança Pública e à Policia Judiciária, constatou-se que o mesmo encontra-se referenciado enquanto suspeito e arguido em inúmeros processos crimes, pela prática dos crimes de furto (carteirista), dano qualificado e falsificação ou contrafação de documentos.

O detido foi ontem presente ao Tribunal de Pequena Instancia Criminal de Lisboa, para interrogatórios judiciais e aplicação de medidas de coação, tendo sido determinado que deveria aguardar os ulteriores trâmites processuais decorrentes do processo de afastamento coercivo, mediante termo de identidade e residência, já prestado perante o SEF, e colocado em Centro de Instalação Temporária.