O seu browser não tem o Javascript activo.
Your browser does not support Javascript features.
English English |
Página Inicial Página Inicial | Mapa do Site Mapa do Site | Links SEF Links SEF
2018-01-17 11:02 www.mai.gov.pt
PESQUISAR Ok
 + 
+ 
+ 
+ 
Ajuda
Notícias
01 Outubro 2011
| Nota à Comunicação Social - Portugal coordenou operação Alto Impacto 2011

Entre 19 e 25 de Setembro Portugal coordenou a operação Alto Impacto 2011, que se realizou em simultâneo e contou com a participação da Espanha, França, Itália, Suíça, Alemanha, Bélgica e Grécia.

Esta operação de referência no seio da União Europeia, que se realiza todos os anos desde 2005, tem como objectivos principais a recolha e a análise de informação dos fluxos de imigração ilegal que utilizam as principais vias de comunicação rodoviária/terrestre e ferroviária no interior do território Schengen, bem como a recolha de informação sobre a actividade das redes de auxilio à imigração ilegal, a detecção de casos de tráfico de seres humanos e ainda o estreitamento de relações de cooperação policial a nível europeu.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) operou como ponto de contacto e centralização da informação produzida e estiveram envolvidas no controlo ferroviário e rodoviário de entradas e saídas de território nacional as direcções regionais do SEF no continente e todos os Centros de Cooperação Policial e Aduaneira (CCPA), tendo contado com a colaboração da Guarda Nacional Republicana, Polícia de Segurança Pública, Polícia Judiciária e Direcção-Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo, em algumas das acções executadas no terreno.

Em Portugal, das 156 acções desenvolvidas, foram fiscalizados um total de 7.084 cidadãos, dos quais 5.222 são nacionais de estados membros da União Europeia ou países associados Schengen, sendo os restantes 1.862 nacionais de estados terceiros. Desta actividade operacional resultaram 11 detenções de cidadãos estrangeiros por permanência irregular no espaço Schengen, dos quais 9 foram readmitidos a Espanha por via da activação do acordo de readmissão entre Portugal e Espanha. Foram ainda notificados para abandono voluntário de território nacional 17 cidadãos estrangeiros que se encontravam em situação irregular. Finalmente, foram detidos 3 cidadãos nacionais por posse de produtos estupefacientes.

No âmbito das acções realizadas nos restantes países participantes na operação foram contabilizados 625 registos de ocorrências envolvendo 946 cidadãos, relacionados com a imigração ilegal e ainda registadas 44 ocorrências relativas a tráfico de seres humanos que envolveram 162 cidadãos, incluindo situações com menores. Nenhuma destas situações ocorreu em território nacional.

| SITE OPTIMIZADO IE 6.0 OU SUPERIOR PARA 800x600 | POWERED BY S.E.F-IT | Símbolo de Acessibilidade à Web[D] Em conformidade com o nível 'AA' das WCAG 1.0 do W3C